Saturday, June 26, 2010

Novos Tempos -virgínia além mar



Em 1996 a Internet entrou em minha vida, por uma fatalidade,um tempo a mais criou-se em meus dias, iria ficar mais alguns meses sem poder exercer minha profissão, Joaquim , meu filho amado, com sua paciência ante ao meu temor à máquina, concedeu-me precioso tempo juvenil na minha iniciação ao Mar internáutico , a direção ao diálogo e reencontro com aqueles que então distantes, e ao meu reencontro com as letras.

E a elas buscando encontrei o Letras e Cia um grupo destinado aos amantes destas , escritores, poetas e afins. Foi neste sítio que encontrei Vânia Moreira Diniz, esta alma generosa que acolheu-me e estimula-me a versejar, a compartilhar sonhos, e aqui prosear .

O ostracismo talvez seja a mais terrível condenação aquele que sente um palpitar vez que outra em seu coração engessado, pois apesar de não nos cansarmos de reter a vida ( Deleuze), esta é nossa condição. Potência de VIDA ela mesma quando não transborda criativamente , produz enfermidade, dores, pobreza , desencontros , dissonâncias cognitivas.. "Queria apenas tentar viver aquilo que brotava espontaneamente de mim. Por que isso me era tão difícil?" (Fragmento do livro "Demian" de Hermann Hesse).

A potencialidade criativa, expressão autêntica das impressões pessoais precisam vazar, grávidos de sonhos não podemos retê-los, se estes não encontram ecos, ressonâncias enclausurados como fetos lutam com todas forças por um lugar ao sol.

É tempo, meus queridos, deixar sementes desabrocharem. Este momento histórico que vivenciamos é extraordinário. Alguns ainda não perceberam que é uma loucura lançar terra sobre o broto que deseja arder sob o sol , como uma mãe que deseja reter seu feto é aquele que evita experimentar-se nos encontros , nas possibilidades que a abertura ao diálogo fornece.

É preciso tentar, permitir-se sentir a liberdadezinha que ainda grita , inicialmente tímida , sem força suficiente , mas é justamente nos encontros do primeiro calorzinho, orvalhada ainda, que a folícula descobre a alegria de resistir e insistir no diálogo com o novo jardim, assustador inicialmente por sua imensidão, o confronto com o que ainda há de ser percorrido, a conquista por um lugar,a estima a ser construída, o respeito a amizade .

Desistir frente as primeiras tempestades , de certo não é recomendável .Há sempre generosa árvore por perto provocando entusiasmo, estimulando, ao vento bom entrega seu sorriso e ampara com voz macia e perfumada que diz não é fácil mas possível, se estou por aqui, sobrevivi não desisti e antes de ti e de mim outros, outros e outros superando dificuldades, mas não isoladamente nem tampouco apenas interagindo com fragilidades descontentes e ressentidas.

Arrisque a rede é grande, é preciso continuar acreditando que alguém de sua espécie está aguardando por sua participação e necessitando de sua palavra estrangeira , tua voz pode ser a diferença , a nuance , o colorido a mais , o toque mágico a despertar novas esperanças, lembranças sonhos, devires de infâncias .

2 comments:

Eliana f.v. - Li Andorinha - said...

Grata sempre Virgínia Amiga muito querida e Poeta Escritora tão filosófica!
Tens uma serenidade e uma força
espiritual que me impressiona!
Creio que teu lindo e amado filho
herdou da mãe essas qualidades.

Te ler é um aprendizado precioso!
Quanto mais te leio mais te Admiro
não só como escritora, mas também
como essa pessoa querida que és!

Grata pelo estímulo constante para
que sigamos desbravando com criatividade nosso viver!
Grata por teu compartilhar em versos, sentimentos,sonhos, realidade e vida Virgínia Amiga!

Quando te agradeço...falo desse
"colorido a mais , o toque mágico a despertar novas esperanças, lembranças sonhos, devires de infâncias."-Virgínia além mar-
que acrescentou ao meu viver Vi

Parabéns por mais este Belo texto!

beijinhos em revoadas de andorinha feliz da Li que te quer muito bem

virgínia além mar vicamf said...

Li Andorinha querida este texto foi publicado a uns tres ou quatro anos no Portal Maytê que saiu do ar > estava procurando por outro texto e o achei no PC, acho que n. foi publicado na minha Coluna Consideração no Portal VMD.

resolvi colocar on line (no Blog). que bom que gostaste, leste e te identificaste com a magia da rede, e dos encontros.

abraços agradecidos e repletos de encanto da tua virgínia