Tuesday, June 12, 2012

Namoramos cada um a seu modo...

"...Vejo meu bem com os seus olhos
E é com meus olhos que o meu bem me vê..."

 
Ilustração é Escultura em mármore carrara intitulada "Tantra" de meu eterno amigo Carlos Cesar Freire (Tito) , pai de meu filho, que vive atualmente na Alemanha
Fluências - Virgínia fulber 
vicamf@yahoo.com.br


Ontem falei com uma amigo de várias décadas, que vive do outro lado do Oceano Atlântico. Os afetos povoaram meus sonhos e acordei impregnada de imagens, do rumor das ondas do mar e dos tempos em que traçamos rumos tão distintos e, ao mesmo tempo iguais. A intensidade das palavras multiplicaram belezas, subtraíram cansaços, somaram afetos e foram divididos recortes de vida; a cumplicidade tem resistido ao tempo e às distâncias. Nossas conversas sempre foram marcadas por disfluências, pausas suficientes para inspirar e expirar significados.
Não sei por quantos anos ainda iremos comemorar nossos aniversários através das ondas, pois que das incertezas estamos marcados. Não sei também se algum dia, lado a lado celebraremos e, se estaremos novamente vestidos com sonhos de proporções e transparências similares.
Embora em vias paralelas andamos, foram os momentos de confluências que contaram e ainda contam.
Creio, não ser possível esculpir em pedra, dada a quantidade de expressões que nos escaparam e os afetos que continham, mas arrisco dizer que nas areias intemporais algo foi inscrito e, este algo que nos escapa flui através da voz do vento. -http://www.caestamosnos.org/autores/autores_v/Virginia_Fulber.htm




Vives na brisa de todas orlas.
Nas pétalas de meus sonhos...
 
E, já te vais com olhar em chamas
segregando espumas ...
 
Mas de teus braços não me privas  
em fadigadas tardes.
 
Firmamos junto à fogueira, olhares
algumas palavras e abençoados silêncios...
 
Serás para todo sempre memória encarnada!
Meu inominável, e terno namorado... Virgínia Fulber ( de Além Mar) ( vicamf) in


MEU NAMORADO(Edu Lobo / Chico Buarque)
ou http://youtu.be/EHe0btKCoM4 - ouvir  SIMONE - 1983 Álbum 'O grande circo místico -Som Livre, 1983-
Ele, vai me possuindo
Não me possuindo
Num canto qualquer
É como as águas fluindo
Fluindo até o fim
É bem assim que ele me quer
Meu namorado
Meu namorado
Minha morada é onde for morar você
Ele vai me iluminando
Não iluminando
Um atalho sequer
Sei que ele vai me guiando
Guiando de mansinho
Pro caminho que eu quiser
Meu namorado
Meu namorado
Minha morada é onde for morar você
Vejo meu bem com os seus olhos
E é com meus olhos que o meu bem me vê

1 comment:

Fanzine Episódio Cultural said...

MEUS TRABALHOS CULTURAIS
[12:40:56] Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan): LANÇAMENTO DA REVISTADOCINEMA MACHADENSE (TV ALTEROSA / 2005)



http://www.youtube.com/watch?v=msoR2iUr-8M



UMA VISÃO GERAL DOS MEUS TRABALHOS CULTURAIS

http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ





CHE GUEVARA POEMA LIDO

http://www.youtube.com/watch?v=XF-MqN57-5M