Wednesday, July 15, 2009

Viajantes entre filosofias, ciências e poesias...

Em direção aos astros seguimos na busca de conhecimento, salvação e de nós mesmos.

A Filosofia da Ciência quer compreender a diferença entre empirismo e racionalismo. Entender as perspectivas realista e anti-realista também perceber como a ciência compreende o conceito de verdade. A ciência está à serviço da solução dos problemas da humanidade, assim como demais áreas do conhecimento.
Édipo foi representado na arte da antiga Grécia com um grande chapéu de peregrino viajante, apoiando-se em um bastão por causa de sua dificuldade de andar e, simbolizava o filósofo na busca pela verdade. Diferenciava-se dos demais heróis gregos por sua racionalidade. Édipo dispensava crenças sobrenaturais e amuletos em sua jornada. Decifrou o enigma imposto pela esfinge golpeando o peito com seu punho, desta forma admitindo em si mesmo estar a resposta à questão.Aos olhos dos Poetas e de alguns cientistas, o satélite que no imaginário possui atributos femininos, continuou e continuará intocável, enigmático como a mulher proibida... ?A Apollo 11 teve seu lançamento as 09h32min da manhã do dia 16 de Julho de 1969. Pousou às 16h18 mim do dia 20 de Julho.Todo homem cientista ou não busca pela ordenação... Li certa vez Rubem Alves em sua obra Filosofia da Ciência - Introdução ao jogo e a suas regras "o homem foi capaz de manipular as estrelas, os planetas e os satélites"...Penso que raros entre nós serão privilegiados de viajar em ônibus espaciais e que ainda está longe o tempo em que poderemos habitar outros solos, e declarar como Armstrong- "O céu está cheio de estrelas. Parece uma noite na Terra”.Afinal, o que são quarenta anos diante ao tempo das estrelas? Que corpos e horizontes podemos almejar? Estamos buscando em peregrinações a verdade, solucionar os enigmas da criação do universo ou estamos a recriá-los através de várias perspectivas? A imaginação não pode ser refutada mesmo no campo das ciências. Lembremos que os erros científicos não são divulgados, o que reforça sua credibilidade e a mística em torno dos cientistas que os faz parecer superiores aos demais.
Creio necessário pousar um olhar crítico sobre a ciência e questioná-la sobre o quanto esta tem contribuindo para minimizar os sofrimento e as miséria da condição humana.Quais conquistas estará a gabar-se a humanidade em 2049 ? Como estará o transito terrestre ? Nossa fina camada de atmosfera quanto suporta de tráfego aéreo ?Sou leiga demais para ousar, sequer adentrar em assuntos desta natureza, então ingênua e poeticamente, saúdo àqueles que viram a linda terra no horizonte lunar e, por seus registros nos foi possível vê-la em sua radiante face azul. Surpreendentemente magnífica, enigmática e desejada ... Vistos à distância os corpos provocam nossa imaginação de forma espetacular! Viajantes estamos, o que me faz lembrar do Poema Zen “Um dia podemos descobrir que toda viagem é,de algum modo, uma peregrinação em busca de um lugar que é o coração do viajante.Seu destino é a sua realidade interior.Mas faz parte do ritual, busca de lugares distantes, onde seu coração sempre vai desejoso de um encontro que nem sempre acontece.”
imagem- terra vista no horizonte luar -

3 comments:

Almir Escatambulo said...

Gostei do texto, muito bonito... mais eu acredito que antes de chegarmos a tudo (que seria lindo demais), creio que deveriamos descobrir, verdades que estão entre ~´os que é a cada dia omitida e distorcida, devido a interesses de alguns, mais eu sou otimista que tudo vai se resolver....

virgínia além mar- peixe voador said...

grata peor tuas palavrasA E VISITA amigo Almir,
abraços

virgínia além mar- peixe voador said...

Luiza S. Benício de Moraes luizabeniciomoraes@yahoo.com.br
Para: AVSPE@yahoogrupos.com.brCc: Virgínia Fulber-vicamf@yahoo.com.br

Virgínia o homem que consegue ir ao espaço poderia nos trazer maior consciência dos seus objetivos e
propostas para um mundo Melhor!
Será que isto será possível ou a única intenção que talvez não seja propriamente a deles mas dos que financiam as descobertas serão só as mesmas dos navegadores? Descobrir novas terras
para aumentar seus domínios?