Wednesday, March 04, 2009

mulher ?




Mulher ?

*virgínia além mar



meu corpo tem a marca do gênero
útero produtivo e seios fartos tive
sem dúvida um corpo dito feminino

tragado por pensamento desejo efêmero
minha alma sem destino
filha do raciocínio masculino

minha mãe é ariana ,
meu pai psiciniano
carne e mente hibrida !
avessa aos designios sociopáticos
com uma mente livre
insiro-me nas bordas
se fui e sou mulher quem sabe ...
estou no termo, entre as multiplicidades,
entre incertezas, um corpo vive
se o preconceito recai sobre o teto
ouso reescrever sobre areia fina
com o peso de pessoa que sou
meu ventre ora vazio ainda é taça
colo ao ouvido afinado
a poção mulher de mim é materno paternal
o amar creio impessoal
estou pois
a m p l a m e n t e musical ...

2 comments:

Efigênia Coutinho said...

Amiga querida e especial Vica, que coisa boa encontrar você aqui neste espaço coberto de poesias, e , você tem um estilo que eu adoro,leve,livre, flutua na acima de quem lê Virginia.
Amiga, procurei o link para ser sua seguidora, mais não achei aqui, se precisar de ajuda eu lhe explico como fazer.
E, desejava você ao meu cantinho, basta clicar em cima da palavra seguir-me.
Com admiração,
Efigênia

Cotovia said...

...este cântico é sublime!


Gostei de te ter descoberto.

Voltarei.