Thursday, September 17, 2009

Do viver e estar vivo - prosa


À menina aprendiz de Colibris

*virgínia além mar
A gente sonha, realiza e sonha ...acordado, dormindo...Viver é quase um sonho, um sopro ligeiro. Às vezes se perde o mel e a brisa por querer encontrar a razão de estar vivo e, buscar um sentido, enquanto dormir quando se tem sono, comer quando há fome, beber quando há sede e desenhar uma rota que não se oponha a das estrelas já seria de bom tom...
Os outros ? Deixemos que conquistem suas asas e construam seus ninhos de acordo com os ritmos próprios, pouco se sabe da necessidade de cada um...

Que cada um desvende a si do jeito que pode, e se aprender a pedir uma ajuda e, se deixar ajudar , a gente arregaça as mangas e dá uma força do jeito que sabe e pode...

A experiência é intransferível, um bom testemunho às vezes ajuda, a aceitação e sincera amizade se conquista através da constância- repetir e repartir é preciso .

Ter um pouco de coragem de aceitar às próprias necessidades e limitações e, ainda buscar não abafar demais os sentimentos faz parte ...
Entre o estar mergulhado em tarefas, um olhar para o céu e caminhar sentindo a terra que se pisa, é um bom começo para esquecer de querer saber além disso...

Bom é inspirar, inspirar-se e, expirar as culpas da sorte que se teve, imprescindível ao viver transpirar e ir aprendendo a jogar entrelaçando fios.

E, se ainda houver disposição para ouvir a anunciação dos pássaros, tudo estará bem.


E as cores ? Independente das lentes que se usar, a luz as manterá vivas até o despertar de cada uma de nossas ilusões ...


imagem internet- para obter fonte clique na mesma
virgínia além mar -gosta de escrever Poemas, adora ler e ouvir histórias, contar só algumas e invertar outras ...Pesquisadora , coordena o canal de Filosfia do Espaço Ecos VMD, foi instrutora de yoga taoísta ocupação que deixou de exercer paralelamente ao exercício da profissão de Terapeuta, devido a um acidente ocorrido em 1995.

2 comments:

Eliana f.v. - Li Andorinha - said...

Preciosa Amiga Virgínia
Que Alegria te encontrar em prosa..
Teu texto me Impressiona... É quase um sopro...
mas rico em brilho e intensidade
Um verdadeiro aprendizado para minha alma
E que beleza de imagens poeta Amada!

Parabéns e Grata por teu compartilhar

Beijinhos de bem querer da Li que te Admira muito

virgínia vicamf além mar said...

Andorinha amiga de versos e inversos... muito obrigada pelo estímulo constante, teus comts. são de extrema delicadeza,
abraços da tua fãmiga virgínia