Saturday, September 05, 2009

Perceptos puros -


"O que se conserva, a coisa ou obra de arte, é um bloco de sensações, isto é, um composto de perceptos e afectos. Os perceptos não são mais percepções, são independentes do estado daqueles que os experimentam; os afetos não são mais sentimentos ou afecções, transbordam a força daqueles que são atravessados por eles. As sensações, perceptos e afectos, são seres que valem por si mesmos e excedem qualquer vivido. Existem na ausência do homem, podemos dizer, porque o homem, tal como ele é fixado na pedra, sobre a tela ou ao longo das palavras, é ele próprio um composto de perceptos e afectos. A obra de arte é um ser de sensação, e nada mais: ela existe em si." -DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. O que é a filosofia? São Paulo: Ed. 34, 2005, p. 213. -


Vê-se no reflorescimento a incomensuralidade



e, no despespedir-se da tarde em aquarela
resta o presente.. .


de que na consciência tudo se compensa ...



ouve- se ressoar na brisa setembral " Festina Lente!”

- apressa-te lentamente -




"... a beatitude não é outra coisa que o contentamento da alma, que provém do conhecimento de Deus. Ora, aperfeiçoar o entendimento também não é outra coisa que conhecer a Deus, ... o fim último do homem, que é conduzido pela Razão, ... é aquele que o leva a conceber-se adequadamente a si mesmo e a todas as coisas que podem cair sob o seu entendimento ".- Espinosa -ou Spinoza na sua Ética - no Quinto livro desta mesma obra declara-nos que até aí falou do ponto de vista do conceito, mas que agora vai mudar de estilo e falar-nos por perceptos puros, intuitivos e diretos- GDeleuze - ver Perceptos Espinosa -Gilles Deleuze –Carta para Réda Bensmaia sobre Espinosa –


4 comments:

marcia said...
This comment has been removed by the author.
marcia said...

OLA ESTIMADA MESTRA, SEMPRE É UM BALSAMO VIR NESSE ESPAÇO ONDE AQUIETO MINHA ALMA, ORA IMPACIENTE, ORA, MELANCÓLICA. O QUE QUERO DIZER, QUE AQUI ENCONTRO BELEZA E PAZ QUE NECESSITO.
LINDA POSTAGEM!
BJ DAQUELA QUE TE ADMIRA,
MARCIA

Eliana f.v. - Li Andorinha - said...

Virgínia querida!
Simplesmente deslumbrada com as imagens...e versos que deslizam por elas...

És poetinha estrelinha que semeia
sempre a primavera em nossa alma e
coração com sua colorida inspiração!

Agradeço Eternamente por teu precioso compartilhar Vi!

beijinhos mais carinho da Li tua fã sempre sempre

virgínia vicamf além mar said...

queridas Marcinha e ELina Andorinha
vcs. suas palavras são como as flores de amora e delicadas, prenúncio dos saber sabores que só a amizade concede e..as amoras ..risos
abraços agradecidos à vcs; amgas !